PÉ NO BARRO

PÉ NO BARRO

R$ 35,00Preço

Autora: Lene Souza

Projeto gráfico e diagramação: Manuela Pedra

Comissão editorial: Gabriela Siqueira, Manuela Pedra e Ton Lopes

Ilustrações: Otto Favacho

Revisão: Daniel Moreira Safadi

Ano: 2022

Páginas: 48

Dimensões: 20 x 20 cm

Primeiro livro de poesia de Lene Souza, que ganhou no Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) o nome de Poeta, Pé no Barro reúne uma produção que a autora desenvolveu ao longo de quase dez anos.

 

Os poemas recolhidos no livro tratam da experiência da pobreza, do desamparo daqueles que vivem à margem, da violência a que estão sujeitos em um mundo onde o lucro fala mais alto do que a dignidade humana. Mas, seus versos falam sobretudo do poder transformador que a luta coletiva pode criar.

E é também na coletividade que esses poemas ganharam corpo, pois antes de serem escritos em papel, eles circularam primeiro nas ocupações, nos saraus e reuniões do MTST, onde foram lidos pelos companheiros que veem, na poesia de Lene, um pouco da vida e da história de cada um.

 

A produção desse livro é fruto de um trabalho coletivo que foi organizado em diferentes frentes, sempre com a participação ativa da Poeta em cada passo. Um grupo se reuniu para organizar, em papel, os poemas que foram produzidos por Lene Souza ao longo de tantos anos, mas que nem sempre eram anotados, mas circulavam no boca a boca do movimento. Por isso, o trabalho de escrita foi também um trabalho de conversa com companheiros e resgate de uma memória coletiva.

 

Além disso, outro grupo se organizou para preparar o projeto gráfico do livro e criar as ilustrações – que nasceram das poesias e conversam com ela. O projeto desse livro foi desenvolvido coletivamente por companheiros que acreditam que a arte de Lene Souza dá voz à experiência quase invisível, no mundo da poesia, da vida periférica, da fome, do despejo, mas também da coragem e da luta de pessoas tão estigmatizadas como os trabalhadores sem-teto.

 

As ilustrações do livro foram pensadas a partir da raiz poética do trabalho de Lene Souza. Assim como os versos nascem da fonte da poesia de cordel e do movimento armorial, tão importantes na formação artística de Lene Souza, as ilustrações de Otto também prestam homenagem a esse veio da nossa arte nacional. Inspiradas, portanto, na dicção dessa poesia popular, as ilustrações dialogam profundamente com os poemas.

CONHEÇA TAMBÉM...